Picadas – Mordidas de Animais Raivosos – Lesões nos Ossos e Articulações

Picadas

PICADAS DE ESCORPIÃO, LACRAIA, CENTOPÉIA E ARANHA VIÚVA NEGRA

Procure um profissional de saúde imediatamente
Na ausência ou falta do médico, aplique o soro específico se disponível, dentro da primeira hora da picada
Lavar o local com água e sabão
Faça compressa fria ou aplique gelo
Mantenha a vítima em repouso
Sempre que possível, encaminhe o animal junto com a vítima

Mordidas de Animais Raivosos

n750b.jpg

Qualquer animal pode contrair a raiva e se tornar um transmissor da mesma. Quem for mordido por um animal deve suspeitar da raiva e mantê-lo em observação até a prova em contrário.

MESMO VACINADO, O ANIMAL PODE, ÀS VEZES, APRESENTAR A DOENÇA. TODAS AS MORDIDAS POR ANIMAIS DEVEM SER VISTAS POR UM PROFISSIONAL DE SAÚDE.

As vítimas devem ser levadas ao hospital ou posto de saúde da cidade.

PRIMEIRO SOCORRO:

Lave a ferida com água e sabão. Proteja a vítima e a ENCAMINHE A UM PROFISSIONAL DE SAÚDE.

Picadas e Ferroadas de Insetos

Há pessoas alérgicas que sofrem reações graves e/ou generalizadas, devido a picadas de insetos. Tais pessoas devem receber um tratamento médico imediato. Picada de inseto pode ser um risco de vida para uma pessoa sensível.

O QUE FAZER:

Retire os ferrões do inseto sem romper a bolsa de veneno em seguida pressione o local para fazer sair o veneno
Aplique gelo ou faça escorrer água fria no local da picada
Procure socorro médico tão logo seja possível

Lesões nos Ossos e Articulações

1 – Lesão na Espinha

Caso a vítima esteja consciente, solicitar movimentação dos membros e verificar sensibilidade, fazendo compressão em diferentes locais

OBS : Em caso de vômito, colocar a vítima deitada de lado após imobilização total e fixação da coluna numa tábua

Se a lesão for no pescoço, coloque um calço, para evitar o balanço da cabeça

PROVIDÊNCIAS A TOMAR:

Mantenha a vítima agasalhada e imóvel
Não mexa nem deixe ninguém tocar na vítima com suspeita de lesão na espinha até a chegada do Enfermeiro ou Médico
Nunca vire uma pessoa com suspeita de fratura na espinha sem antes imobilizá-la
Observe a sua respiração. Esteja pronto para iniciar a respiração boca-a-boca

NA FALTA DE UM MÉDICO, PREPARE-SE PARA TRANSPORTAR A VÍTIMA, TENDO OS SEGUINTES CUIDADOS ESPECIAIS:

O transporte tem de ser feito em maca ou padioladura
Durante o transporte em veículos, evitar balanços e freadas bruscas, para não agravar a lesão
Em todos os casos de suspeita de lesão na espinha, adote esta importante providência ao transportar:

– Deite a vítima em decúbito dorsal (de barriga para cima), colocando, por baixo do pescoço e da cintura, um travesseiro, toalha ou lençol dobrado, de forma que eleve a coluna.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: